quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

O que espera o cardeal Sodano?

O poderoso Sodano
Quem tem coragem de tira-lo dai?
Estava pensando agora, cá com meus botões: o cardeal Angelo Sodano, Secretário de Estado Emérito, tem 83 anos e, mesmo gozando de uma saúde de ferro, simplesmente não renuncia ao cargo de Decano do Colégio Cardinalício.
Sim, eu sei que a função de decano não tem, como poderíamos pensar, um limite de idade para renúncia, mas o bom senso sempre foi uma qualidade presente nos decanos. O cardeal Gantin renunciou aos 80 anos, o cardeal Agnelo Rossi também o fez aos 80. Um caso excepcional e que parece incentivar Sodano a persistir foi o do cardeal Confalonieri, prefeito para os bispos e decano até a sua morte aos 93 anos.
Conforme conta a Wikipedia, Confalonieri teve alguma influência discreta no conclave que elegeu Albino Luciani como Papa João Paulo I. Será que é essa influência em potencial que Sodano não quer perder?
Não estou julgando o íntimo do cardeal, mas é bem provável que Sodano esteja esperando presidir o próximo conclave, pois essa é a unica função de fato importante que um cardeal decano pode exercer. Seria o cardeal Leonardo Sandri o seu preferido? Vai saber...
Só um pensamento rápido que me ocorreu.

3 comentários:

Anônimo disse...

Quem é Leonardo Sandri? É um progressista ou um tradicionalista?

Marcos

Danilo Augusto disse...

Marcos, acho que nem um, nem outro. Leonardo Sandri é Prefeito para as Igrejas Orientais e foi, praticamente por todo o seu episcopado, membro da Secretaria de Estado.
Ele foi muito conhecido nos últimos dias do pontificado de João Paulo II, quando lia os discursos do Papa enfermo.
Ele é de uma ala diferente da Igreja, não é progressista nem tradicionalista, mas um político, se podemos colocar assim. É um mini-Sodano.
Ele nunca deu "problemas" para a imagem da Igreja, sempre discreto. Um bom funcionário, sem grandes opiniões (pelo menos elas não são conhecidas do público).

Luiz Rocha disse...

Acho que num eventual conclave, o cardeal Sodano será "apenas" um formador de alianças nas reuniões do Colégio Cardinalício. Pois mesmo ocupando o cargo de decano do referido colégio, ele já é um octogenário, assim não participará diretamente eleição do sucessor de Bento XVI.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...