sábado, 31 de agosto de 2013

O Papa que se curva



(Tom Kington, The Daily Telegraph) Como chefe de Estado no Vaticano, para não mencionar líder de 1.2 bilhão de católicos do mundo, o protocolo requer que os visitantes se curvem ao encontrá-lo na Santa Sé.

Mas Francisco, que fez do esquecimento das formalidades uma marca registrada do seu papado, curvou-se quando encontrou a sorridente Rania enquanto ela visitava o Vaticano com seu marido, o Rei Abdullah II nesta quinta-feira (29/08).

"Até o século XIX os visitantes beijaram os sapatos do Papa, e a tradição ainda hoje pede que todos os visitantes, mulheres incluídas, se curvem, mas Francisco se comporta como se comportava antes de se tornar Papa e não está interessado em protocolo", informou um oficial do Vaticano ao The Daily Telegraph.

Quando Cristina Kirchner, a presidente da Argentina, se encontrou com ele em Março, um dia após a sua inauguração, ele a beijou depois de ser presentado por ela com uma cuia para o chimarrão (mate), um chá tradicional da Argentina.

Um comentário:

Pércio Lopes Neto disse...

Não chama chimarrão de chá, tchê.
kkkkkkkkkkkk

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...