sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Consistório - Papa anuncia nomes

O Papa Bento XVI anunciou hoje, Epifania do Senhor, a lista com os nomes que deverão receber o barrete vermelho no próximo consistório, a ser realizado em 18 de fevereiro próximo.
São eles:

Votantes

Mons. Fernando Filoni, Congregação Propaganda Fide
Mons. Manuel Monteiro Castro, Penitenciário Mor
Mons. Santos Abril y Castelló, Arcipreste de Santa Maria Maior
Mons. Antonio María Veglió, Conselho dos Migrantes
Mons. Giuseppe Bertello, Comissão da Cidade Estado do Vaticano
Mons. Francesco Coccopalmerio, Textos legislativos
Mons. Joao Braz de Aviz, Congregação dos Religiosos
Mons. Edwid O’Brien, Pro-Grão Mestre da Ordem do Santo Sepulcro
Mons. Domenico Calcagno, Administração do Patrimônio da Sé Apostólica
Mons. Giuseppe Versaldi, Assuntos Econômicos da Santa Sé
S B. George Alencherry, Arcebispo Maior dos Malabares
Mons. Thomas Collins, Arcebispo de Toronto (Canadá)
Mons. Dominik Duka, Arcebispo de Praga
Mons. Willem Eijk, Arcebispo Católico de Utrecht
Mons. Giuseppe Betori, Arcebispo de Florença
Mons. Timothy Dolan, Arcebispo de Nova York
Mons. Rainer Maria Woelki, Arcebispo de Berlim
Mons. John Tong Hon, Bispo de Hong Kong

Não votantes

S. B. Lucian Mureşan, Arcebispo Maior dos Greco-católicos romenos
Mons. Julien Ries, professor emérito
Pe. Prosper Grech, OSA, professor emérito e consultor da Congr. para Doutrina da Fé
Pe. Karl Becker, S.I., professor emérito da Gregoriana e consultor da Congr. para Doutrina da Fé

***

Grande surpresas? Sim!
Primeiro, e talvez a mais importante de todas, o nome do atual presidente do Conselho para a Nova Evangelização, Mons Rino Fisichella, não está na lista! Todos os católicos preocupados com a defesa intransigente da vida torciam para que Dom Rino não fosse agraciado com um barrete... e não foi!
Sendo o Conselho da Nova Evangelização um ponto importante e crucial do pontificado de Bento XVI, nada mais natural que seu presidente recebesse das mãos do criador deste conselho o barrete vermelho. 

Outros agraciados com o barrete possuem posições bem menos importantes para a Igreja universal. Isso só demonstra que a promoção de Dom Rino foi para evitar um estrago maior. E convenhamos, até o conselho para a Nova Evangelização começar a "mostrar serviço", Dom Rino será passado. Talvez seja isso que Bento XVI espera.

Outra surpresa é o nome do arcebispo maior dos Romenos, uma igreja pequena, praticamente invisível. Embora ele não seja um cardeal votante, a sua elevação é sinal de consideração do Papa com esta pequena comunidade de fiéis, tão perseguida.

O Brasil ganha mais um cardeal! Eba!(?) Não... nada de eba! Este prêmio em particular o Brasil dispensa. Mas parece, diferente do caso de Dom Rino, o barrete de um Prefeito de congregação é inevitável. Fazer o quê?

O Patriarca Maronita também ficou de fora, igual ao Patriarca Ucraniano e o patriarca emérito ainda tem 78 anos, que é muito jovem. No caso específico do Maronita não havia impedimento por parte da idade do antecessor, já que este conta com singelos 91 anos e não poderia votar no próximo consistório.

Mas essa regra sofreu uma pequena exceção, temporária, com a inclusão de Dom Dolan e Dom Duka, que serão elevados ao cardinalato enquanto seus antecessores imediatos ainda podem votar. Isso mudará no segundo semestre, quando eles também entrarão no clube dos cardeais aposentados completamente.

Os nomes dos cardeais de honra, ou seja, aqueles que Bento XVI irá criar, mas que não possuem direito ao voto pois já estão acima dos 80 anos, são de professores, padres professores. Bento XVI é um teólogo e um professor e como tal tem afeição pela docência.

Os nomes são estes. Praticamente todos os vaticanistas acertaram e anteciparam a lista. A Itália ganha mais 6 cardeais votantes, a sua maioria funcionários da Cúria Romana. O Brasil ganha um (e nada de eba!), os EUA fazem 2, Alemanha, Canadá, Portugal, Holanda e Espanha. E por enquanto é só isso.

3 comentários:

  1. Enfim sai a lista dos novos purpurados, não achei surpresas entre os arcebispos curiais e os arcebispos residentes. A não promoção de Sua Beatitude Béchara Pierre Raï, patriarca de Antioquia dos Maronitas não foi uma surpresa, pois da mesma forma que "não se eleva a cardeal um bispo que seu antecessor cardeal tenha menos de 80 anos", há a tradição que os patriarcas orientais não recebam o barrete enquanto seu antecessor estiver vivo; ao menos foi isso que aconteceu em todos os casos de promoção patriarcal.E quanto a Sua Beatitude Sviatoslav Shevchuk, arcebispo-maior de Kyiv-Halyc dos Ucranianos, seu antecessor é cardeal com 78 anos. Rezemos para que estes sacerdotes desempenhem energicamente sua dignidade sob a intercessão de Pedro e Paulo.

    ResponderExcluir
  2. Junior Castro06/01/2012 14:37:00

    D. João Braz de Aviz, quem diria, cardeal. Basta olhar o situação da Arquidiocese de Brasilia e o projeto de "visitação e investigação" das ordens religiosas do Cardeal Franc Rodé ser arruinado para vermos que aquela cabeça não merece um barrete vermelho.
    Diga-se de passagem que 90% do que é oriundo da CNBB tambem não merece.

    ResponderExcluir
  3. Luiz
    Falha minha ao contar a idade do cardeal ucraniano. Acrescentei ao prelado +10 anos.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...