terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Deputado Jean Wyllys fica bravo com discurso do Papa Bento XVI

Casamento gay: Jean Wyllys associa Bento XVI ao nazismo e o chama de genocida

Um dos principais defensores da causa LGBT na Câmara, o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) não gostou das declarações do Papa Bento XVI. O pontífice da Igreja Católica disse que o casamento gay é uma ameaça e coloca em xeque "o próprio futuro da humanidade".

Nazismo e pedofilia

Indignado, Wyllys abriu fogo contra Bento XVI e relembrou as máculas do pontífice. "O papa suspeito e acusado de ser simpático ao nazismo disse que o casamento civil igualitário é uma ameaça à humanidade. Ameaça ao futuro da humanidade são o fascismo, as guerras religiosas, a pedofilia e os abusos sexuais praticados por membros da Igreja e acobertados por ele mesmo", atacou o parlamentar.

Genocida

O deputado foi ainda mais longe e chegou a classificar Bento XVI como "genocida em potencial". "Espero que os estados laicos do Ocidente não cedam à pressão desse genocida em potencial"

Fonte: Jornal do Brasil.

***

Ui! Parece que o deputado - que é simpatizante de Che Guevara, esse sim um criminoso de fato - subiu nas tamancas.
Nobre deputado, precisamos ser mais tolerantes com a opinião alheia! Precisamos parar de viver nesse mundo medieval onde a ideia de alguns poucos - os homossexuais não correspondem nem a 10% da população brasileira - é imposta tiranicamente sobre toda uma sociedade. Precisamos superar essa mentalidade oligárquica da opinião. Democracia, deputado!
E não falte com a verdade, por favor! Diga, no mesmo plenário onde caluniou o pontífice, que os casos de pedofilia no clero são uma minoria quando comparados com casos de pedofilia entre membros da própria família. Afirme, pois é verdade, que mais de 90% dos casos de abusos sexuais envolvendo padres católicos, envolviam padres católicos homossexuais. Sim, nobre deputado, faltou essa parcela da informação. Os mesmos homossexuais que Vossa Excelência diz representar são responsáveis por 90% dos abusos (entre os clérigos que abusaram de crianças).
Vossa excelência, que pertence a um partido de esquerda, deveria ser coerente historicamente. Nenhum outro regime matou mais homossexuais que o regime vermelho que o senhor apóia! Rússia, China e Cuba - a de Castro e Che - mandaram tantos gays para o "paredon" que isso sim poderia ser classificado como genocídio.
O Papa apenas afirmou o que a ciência já constatou: dois machos ou duas fêmeas são incapazes de produzir vida. Discorda, excelência? Por favor, usemos de argumentos científicos e não aqueles baseados na fé - porque acreditar que dois homens/duas mulheres podem produzir vida é crer no impossível!
Mas creio que esse tipo de reação, enraivecida e irracional, é típica dos membros do socio-comunismo. Ainda sim, nobre e ilustríssimo deputado, não seja arauto de uma cultura de ódio. O senhor é melhor do que isso!

47 comentários:

  1. Quanto mal faz a ignorância religiosa...

    ResponderExcluir
  2. Qual mal fal a ignorancia daqueles que vao a plenario caro "amigo anonimo" falar daquilo que nao sabe.

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente agora tudo o que esse povo pensa em fazer nós temos que aceitar a aplaudir como se eles tivessem razão , a brincadeira, é casamento gay , é adoção de criação pra viver no meio do homossexualismo, me diz que educação e conceito de familia essa criação terá, PELO AMOR DE DEUS um dia isso á de chegar ai fim,. LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.

    ResponderExcluir
  4. Respeitando as opinões; é FATO a constatação quanto a procriação, porém vivemos tempos de repressão e domínio, não apenas pela Igreja, mas de líderes não democráticos em todos os âmbitos. Acredito no RESPEITO e no AMOR, independente de sexo ou crenças. Não creio em um Deus de distinção!! Que sejam felizes!

    ResponderExcluir
  5. Nao gostou da verdade deputado? Fica em casa entao! Nao venha falar do Santo Padre pq o senhor da piti no plenario federal.Vossa Exelencia devia saber q a Igreja é contra o homossexualismo, ideologia da qual o senhor é adepto, mas nao ao homossexual. O senhor devia ser um defensor da democracia, regime politico aceita a liberdade de opiniao.

    Por favor Exelencia, vai tentar fazer algo q preste, tentar acabar com o antrio de najas q ha na Camara do q atacar o Doce Cristo na Terra defendendo a verdade.

    ResponderExcluir
  6. Sabe o que é interessante? Daqui a 300 anos as pessoas vão dar sonoras gargalhadas sobre toda essa discussão imbecil que a gente insiste em trazer a tona. No século XVI a sociedade discutia se os negros eram tão gente como os brancos. No mesmo século XVI (pouco depois da chegada dos portugueses ao Brasil) a igreja juntamente com intelectuais da época se questionavam se o índio tinha alma ou não. Hoje a gente ri de tudo isso e nem acredita que essas questões eram levantadas. No século XXI o desafio tosco é saber se os homossexuais nascem assim devido a um distúrbio mental, ou se faz parte da má criação que lhe é dada, ou mil outra idiotices que se dizem por aí; e ainda apedrejam a união estável de duas pessoas que se amam tentando justificá-la com argumentos incabíveis que só convencem aos pobres cidadãos que estudam pouco, e/ou são fanáticos religiosos ao ponto de ignorarem a verdadeira realidade dos fatos. Eu não sou homossexual, e fui criado desde pequeno nas leis da igreja católica (onde frequento até hoje) mas isso não muda a questão de que devemos respeitar, entender e aceitar as opiniões e escolhas de todo indivíduo que paga seus impostos em dia e luta também pelos seus direitos, assim como nós "normais" e meros heterossexuais preconceituosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A quetão então é pagar impostos Matheus Fonseca?
      Sem comentários.

      Excluir
    2. Primeiramente a Paz de Jesus esteja contigo!

      Louvável o seu comentário, por tamanho me interessei a ler. Farei ponderações a partir de suas citações, se assim me permitir, e estiver disponível a responder.

      "a igreja juntamente com intelectuais da época se questionavam se o índio tinha alma ou não" - Bom, creio que é visível e justificável, hoje a Igreja tem conhecimento de todos os povos e culturas realidade diferente da época, se encontrarmos hoje um povo desconhecido, é lógico que eles possuem alma e são também filhos de Deus, afinal a missão dada a Igreja é anunciar o Evangelho por toda terra àqueles que não o conhecem. (Mt 28, 19)

      "fui criado desde pequeno nas leis da igreja católica (onde frequento até hoje" - Fico feliz e triste ao mesmo tempo, feliz por estar na Una e Santa Igreja de Cristo, e triste, pois você está em total desacordo com a opinião da Igreja. Ora segundo o próprio Jesus a Igreja é possuidora das "chaves do céu" (Mt 16, 13-19), e para que servem chaves? Para abrir, revelar e te levar para dentro. Dentro do conhecimento de Deus. Na nossa profissão de fé que fazemos na Missa, o Credo consiste em três creio: Creio em Deus; Creio em Jesus; Creio no Espírito Santo, na "Santa Igreja Católica".
      Se crê na Trindade e na sua representação na terra, a Igreja, logo quando nós professamos a fé e não a cumprimos estamos pecando. Como irmão aconselho a fazer as seguintes leituras: CARTA AOS BISPOS DA IGREJA CATÓLICA SOBRE O ATENDIMENTO PASTORAL DAS PESSOAS HOMOSSEXUAIS; CIC 2357, 2358, 2359¹.

      "entender e aceitar as opiniões e escolhas de todo indivíduo que paga seus impostos em dia e luta também pelos seus direitos" - Aqui chegamos a um ponto delicado, a questão não é pagar impostos, nem lutar por direitos, em si todos tem o direito de lutar pelo o que quiser, afinal Deus nos fez livres. Enquanto a "entender e aceitar as opiniões e escolhas", o que fez Adolf Hitler a não ser ter tido opiniões, ter feitos escolhas e ter sido talvez um dos melhores administradores de estado da Alemanha. Logo por esse segundo fato somos obrigados a entender e aceitar sua teoria sobre a raça ariana, o xenofobismo entre outros. Ainda temos que aceitar "opiniões"? Desculpe eu aceito e entendo os seres humanos, os amo incondicionalmente, contudo não sou obrigado a aceitar "opiniões", como católico que sou e também você, tenho que dizer a excência humana é a imagem e semelhança de Deus, por essa razão temos que nos respeitar. Opiniões podem e devem ser RESPEITADAS, mas nunca podem ser ACEITAS, se não for isso que você pense sobre assunto em questão.

      Chego ao fim, me identificando com você, já tive opiniões parecidas com a sua em relação ao Magistério da Igreja, porém procurei saná-las buscando a VERDADEIRA opinião da Igreja, impressas em suas cartas ecíclicas e no Catecismo da Igreja Católica (CIC). Estarei rezando por você, fique com Deus.

      Graça e Paz!

      ¹ http://catecismo-az.tripod.com/conteudo/a-z/h/h.html#homossexualidade

      Excluir
  7. Esse "cara" acha que é quem para desafiar assim o Papa?
    Todos sabemos qual é o salário do pecado.Lamentável que intolerantes finjam estar lutando por tolerância.Tolerância essa que se demonstrou quando esse bosta ganhou aquele programa estúpido com voto popular.
    Che Guevara é?
    Será que ele ainda não leu sobre a placa que tinha no campo de trabalho forçado de Che como recado para os homossexuais?:O trabalho os transformará em HOMENS.

    ResponderExcluir
  8. Quanto a essa boba discussão eu não estou nem ai, mas quanto a ética e a moral da igreja isto me incomoda, é preciso conhecer para falar, uma coisa é você saber por que ouviu dizer, outra coisa é você falar por que está dentro do contexto da história da igreja meu nobre deputado. Quando profanamos a igreja, estamos profanando o proprio Deus meu caro deputado e já profetizando nas próximas eleições fique sabendo que o senhor não vai se reeleger.

    ResponderExcluir
  9. Será que o nobre deputado agiria tão machosamente assim dentro de um regime comunista comandado pelo seu ídolo,e indagaria sobre seus direitos ao ser mandado para o campo de trabalho forçado com uma placa bem grande na entrada que deixava uma mensagem,digamos homofóbica,que dizia:"O trabalho os transformará em homens"?

    Que direitos tem os gays em países comunistas para esse deputado admirar representantes destes regimes?O direito de sumir e nunca mais ser visto novamente.

    ResponderExcluir
  10. “Não te deitarás com um homem, como se fosse mulher: isso é uma abominação” (Lv 18,22); e ainda: “Se um homem dormir com outro homem, como se fosse mulher, ambos cometerão uma coisa abominável. Serão punidos de morte e levarão a sua culpa” (Lv 20,13).
    Cada um tem a sua opinião, mas a biblia, a única palavra viva, em que Deus escreveu, responde isso para nós! REFLITA!

    ResponderExcluir
  11. Concordo com o Matheus Fonseca, Nos proximos seculos ou até décadas vamos perceber q isso é estupido, vamos descobrir que tds são igualmente diferentes um dos outros. talvez nos próximos milenios a religião morra e assim acabe as guerras, talvez, quando os grandes estados decidiram divulgar as descobertas históricas que encistem em esconder para continuar mantendo essas instituições milhonarias que são as igrejas, nós vamos poder enxergar a idiotice que fizemos ao longo da historia,

    ResponderExcluir
  12. Tenho certeza que qualquer um deputado tem muito menos credibilidade pra falar que o Chefe da Igreja Católica! Deputados sugam até o último centavo do país, depois querem falar de respeito? Igualdade? Dignidade? Enquanto esses pilantras roubam o Brasil, os papas da Igreja deram ao longo da história sua vida e seu sangue por Cristo, e para que crêssemos na única Salvação! Quem é você deputado Jean Wyllys? Só mais um ladrãozinho e um sanguinário de esquerda fazendo política!

    ResponderExcluir
  13. Mateus Fonseca, você usou argumentos lamentáveis para justificar a aceitação geral das opiniões diferentes.
    Antes de tudo, porque, seguindo a lógica mundana de aceitar a liberdade de opinião, então seria incoerente que se rejeitasse os que "opinam" contra a agenda GLS. E caso se admita que alguma opinião deva ser combatida, então qual argumento provará que não estamos em uma ditadura, ainda que às avessas?
    Graças a Deus eu não aceito o sistema (de pensamento???) liberal. Isso me livra de contradições deste tipo, mas isso é outra história.
    O que me move a escrever aqui são os fatos históricos que o senhor cita, porque são falsidades históricas. Apesar de serem propagados aos quatro ventos, são falsos, e a prova disso eu poderia citar brevemente, demonstrando a contradição destes dizeres, e também os vestígios que mostram sua inconsistência.
    O que quero dizer, senhor, é que infelizmente o senhor repetiu slogans que são lançados diariamente, ano após ano, na cabeça das pessoas, e admitidos como fatos históricos incontestáveis.

    Só para que o senhor reflita um pouco: como católico, o senhor sabe o que significam SACRAMENTOS. Sacramentos não são bobagens, amuletos, besteirinhas simbólicas. Sacramentos são sinais sensíveis (materiais)e eficazes, ou seja, que produzem a própria Graça Divina. Foram fundados por N.S. Jesus Cristo em pessoa, e a Igreja cabe o papel de apenas administrá-los.
    Para que a Igreja confira os Sacramentos feitos pelo próprio Deus para os homens, é necessário que existam disposições mínimas, porque se a Igreja vacila neste sentido, ela mesma cometeria SACRILÉGIO.
    Se a questão dos não brancos fosse comumente aceita naquela época, como poderia dar o batismo a ANIMAIS? Perceba, caro senhor, o dilema! A Igreja criou durante séculos e séculos catedrais suntuosíssimas para custodiar relíquias e coisas sagradas, e ministrar os sacramentos. Como a mesma igreja daria estas coisas sacratíssimas para seres considerados animais?
    Como diz o povo "a história não bate".
    Porque pregar o Evangelho para animais? Porque tantos jesuitas se embrenharam pelo país para estabelecer missões, se naquela época os índios eram tomados por seres sem uma alma imortal para salvar?
    Aliás, o senhor tem noção de quanto tempo faz que a Igreja proibe a escravidão, sob pena de excomunhão? Bem ANTES do ano 1000; os europeus que praticaram a escravidão a partir da idade moderna não fizeram isso por conselho da Igreja, eles fizeram isso por conta dos novos valores pagãos que eles estavam resgatando de Grécia e Roma Antiga. A sociedade patriarcal e opressora do sexo feminino, a prática da escravidão, o direito romano em substituição ao direito medieval, a arquitetura, a pintura e a escultura neo-clássicas, o impulso ao neoplatonismo, e a todas as deformações filosóficas daqueles tempos foram RESGATADOS pelo renascimento.
    Saiba disso: nos tempos em que a Igreja tinha influência preponderante, não havia escravidão na Europa, e as mulheres eram mais livres. Haveria mais a dizer, mas o espaço não convém.

    ResponderExcluir
  14. Faço das minhas as palavras do Matheus Fonseca, postado aqui, e vou mais além: Tão tosco quanto o argumento do deputado, é o argumento paralítico neste blogue quando escorrega na falácia de que a ciência já comprovou que dois machos ou duas fêmeas não podem gerar vida! SÉEEEEEEEEEEERIO??? Quer dizer que os homossexuais não sabem disso? Eles são alienígenas que acreditam que depois do casamento, por algum ato mágico eles procriarão? Affff, tenha santa paciência, brother, cretinice tem limites, ok? Não é desconstruindo um argumento cretino, baseado em cima de outro mais cretino ainda que se ganha uma disputa!!! Os heterossexuais lançam argumentos tão pífios que acabam depondo contra eles mesmo, e incitando a demência em ambos os lados! Os que os gays, sejam os promíscuos ou não, defendem é o simples reconhecimento de seus direitos civis, numa relação estável! Querer usar argumentos para justificar um aspecto da natureza humana, é tão satânico quanto deplorar contra usando argumentos religiosos! Vão estudar!!!!

    ResponderExcluir
  15. Por mais que seja notório que o alistamento na juventude hitlerista fosse obrigatório, que a família Ratzinger tenha sofrido perseguição do Regime Nazista por se opor a ele (tendo que se mudar quatro vezes de endereço), que a certa altura, o jovem Joseph Ratzinger tenha desertado do serviço militar, ainda vão o identificar com nazismo por pura desonestidade de argumentação.

    Por mais que se diga que a pedofilia atinge apenas 0,05% do clero e que medidas enérgicas foram tomadas pelo Papa Bento XVI desde os tempos em que ele era prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé, vão sempre identificá-lo com pedofilia, por pura desonestidade de argumentação.

    Por mais notório que seja o fato de que padres pedófilos, antes de serem padres são homossexuais, sempre vão ligar o celibato do clero com tais crimes, se esquecendo que pais de família, tios, professores, etc., constituem a grande maioria dos casos de pedofilia no mundo. Pura desonestidade na argumentação.

    Por mais que existam grupos ativistas gays trabalhando constantemente para a legalização da pedofilia no mundo, não vemos o Sr. Jean Wyllis apregoando seus desaforos contra gente do calibre de um Luis Mott.

    No mais, as velhas críticas ultrapassadas contra a Igreja que remontam os tempos do iluminismo e que a historiografia moderna já dissipou. Sr. Jean Wyllis, seja mais honesto.

    Paz e bem.

    ResponderExcluir
  16. Matheus Fonseca,

    Esse seu maravilhoso raciocínio então? Só porque no XVI "a sociedade discutia se os negros eram tão gente como os brancos" e hoje nós achamos isso um absurdo não significa, necessariamente, que as pessoas do futuro acharão ridículos os nossos debates. Sua conclusão não segue das premissas (non sequitur). Simples assim. A menos, é claro, que você tenha a capacidade de prever o futuro e tenha ouvido as tais sonoras gargalhadas de que fala, mas penso que isso é pouco provável, não é mesmo?

    Recomendo que você estude melhor a história da Igreja que diz frequentar, caro Matheus. A Igreja - que você acusa de ter questionado "se o índio tinha alma ou não" - sempre afirmou que os índios são pessoas, como todos nós, dignas de respeito. Basta consultar a Bula Sublimus Dei e a Veritas Ipsa, ambas de Paulo III em 1537, para constatar seu erro. Será que você caiu no erro dos "pobres cidadãos" e estudou pouco? Ou será que se deixou cegar pelo fanatismo anti-religioso transmitido, quiçá, por algum professor de história incompetente? Complicado...

    Ao citar o "desafio tosco" do século XXI você pareceu não entender nada do debate atual acerca do homossexualismo, como se ele fosse somente acerca das causas do ato homossexual, quando na verdade ele passa principalmente pela moralidade do ato em si. Você ainda criticou os "argumentos incabíveis" contra união homossexual, "que só convencem aos pobres cidadãos que estudam pouco, e/ou são fanáticos religiosos ao ponto de ignorarem a verdadeira realidade dos fatos". Que "argumentos incabíveis" são esses, Matheus? Como você prova que eles só convencem aos ignorantes e fanáticos? Vamos então à realidade dos fatos. Você usou uma lógica estúpida, você mentiu (ou pelo menos disse coisas erradas) sobre a história da Igreja, você criticou "argumentos incabíveis" sem mostrar quais são os argumentos e se são incabíveis mesmo. Assim sem nenhum argumento decente de sua parte, sua crítica é aplicável ao seu próprio texto.

    ResponderExcluir
  17. Deyvison Ramos11/01/2012 15:58:00

    Apesar de geralmente não postar comentários porque vejo que há muitos que usam de linguagem inflamada de raiva, indignação ou ironia, hoje faço diferente. Não adianta levantar clichês com o intuito de "argumentar" sem se importar com a veracidade do que se diz. Não adianta, também, atacar com argumentos "ad hominem" somente para destruir a reputação do outro. O que cabe a nós é avaliarmos o que o deputado diz, o que nos fala o texto, e quais são os dados que realmente são históricos. Saber o que é realmente a democracia, que tanto está sendo mencionada, e o que nós defendemos. Tendo em mente nossas convicções, devemos nos pôr em busca da verdade. Há coisas que são evidentes e, portanto, não precisam ser demonstradas -- perdão pela redundância. Neste sentido, a afirmação de que a união entre pessoas do mesmo sexo não gera uma outra vida (pessoa)é uma evidência. Mas não é isso que estamos discutindo. O que muitos estão dizendo é que a Igreja é preconceituosa, homofóbica, ditadora... E fazem isso porque, de alguma forma, a posição da Igreja os incomoda. A Igreja nunca vai mudar sua doutrina em relação a tal assunto. Mas a Igreja ama o homossexual. No entanto, o pecado continua sendo pecado e não é pecado porque a Igreja diz que o é. Objetivamente o pecado é sempre pecado e por isso a Igreja é contra a prática e não contra o praticante. Da mesma forma que ela ama a prostituta, o ladrão, o homicida, o fornicador, o sequestrador, enfim, ela, da mesma forma que Deus, "não quer a morte do pecador, mas que ele volte e tenha vida". A Igreja defende a família como ela sempre foi e como Deus sempre quis que assim o fosse. Não posso concordar, também, com o que dizemos frequentemente: "Respeito sua opinião, mas penso diferente". Não! O certo é: "Respeito você, mas não a sua ideia/opinião". Porque foi por causa de uma ideia que Satanás se rebelou. As ideias erradas são o que prejudicam a sociedade. As pessoas devem ser respeitadas, mas suas ideias devem ser retificadas quando forem falsas, erradas, desonestas, confusas ou incoerentes.

    ResponderExcluir
  18. No século XVI havia gente que dizia que negro não era gente?
    Então as imagens de São Benedito ou de São Martinho de Lima estão erradas, pois nelas esses santos têm uma cor escurinhas!
    E quem era aquela mulher com cara de índia que apareceu no México?

    ResponderExcluir
  19. Matheus Fonseca, VC QUIS FINGIR DE INTELECTUAL E FALOU SÓ M...

    Vai estudar seu Herege e pára de pagar mico, ainda diz que é Católico, larga a mão de ser hipócrita

    ResponderExcluir
  20. Prezado Danilo Augusto, peço permissão para assinar em baixo da sua resposta a mais esse equivocado ataque ao Santo Padre, compartilharei sua postagem no facebook.
    A paz

    ResponderExcluir
  21. Quem não tem vínculo algum com a Igreja Católica não deve se incomodar, muito menos se declarar contra a Igreja. A orientação é para os que seguem as leis de Deus. Não entendo a reação...

    ResponderExcluir
  22. Deputado, se por ventura alguém nos chamar de preconceituosos e homofóbicos deixo a seguinte questão: “Será que Deus ao destruir Sodoma e Gomorra foi Homofóbico e Preconceituoso?". A Igreja Católica ama a humanidade(como seu fundador), independente de qualquer situação humana, apenas a regula conforme os ensinamentos dado pelo próprio Deus. Por que Deus destruiu Sodoma e Gomorra? Qual foi o Motivo? -Não foi porque alí haviam homossexuais, homens, mulheres, negros, amarelos, ricos ou pobres, mas sim porque alí praticavam dentre muita outras pervessidades, atos homossexuais, narcisismo, masturbação, sadismo, masoquismo, exibicionismo, pedofilia, gerontofilia, fetichismo, travestismo, incesto, pluralismo, necrofilia, bestialidade, zoofilia, voyeurismo, sexopatia acústica, renifleurismo, coprofagia, frotterurismo, entre outros.! Paz e fogo!

    ResponderExcluir
  23. Em pleno século XXI e o papa ainda quer criar "cabresto" pra manipular a cabeça das pessoas? O que foi? Não confiam na fé de vcs? Não confiam na Religião e em toda sua influencia? Isso tudo é medo de perder mais cristãos na Igreja? Por favor, poupe-nos dessas ridicularidades, estamos no século XXI e cada um é livre pra ser o que quiser, mas vcs falam tanto do Jean ter atacado o Papa, mas olhem bem, foi o Próprio Pontífice que começou, se todos ficassem em seu lugar, quietos e respeitando todo mundo, não aconteceria nenhum tipo de ataque como esse a Igreja, não é verdade?! Entao vamos parar de hipocrisia, pq se cada um fizer o que quer e ficar no seu devido lugar e quieto, o mundo inteiro estaria bem.

    ResponderExcluir
  24. A igreja começa e depois não aguenta né?! Aham, Boa sorte caros amigos.

    ResponderExcluir
  25. Jarley disse:
    Há muito mais que relevantes questões sobre o homossexual, e o homossexualismo. A questão é que o ser humano ja nasce egoísta, egoísmo foi o primeiro pecado sentido pelo ser humano, que por conseqüência se apega a seus valores, ou aos valores que lhes foram colocados, e que com o tempo se tornom seus valores, e defende de forma acirrada, suas ideologias. Porém, não podemos perder o foco de que: Homossexual não pede pra nascer assim, não pede pra ter o triste incidente de ser abusado quando criança, e/ou educado de maneira a reorientar a sexualidade nata por Deus em sua essência humana. A Santa igreja Católica defende a vida, e os preceitos doutrinários que nosso grande Cristo com sua morte e vida nos deu, e nos remiu... É um assunto polêmico, e que, como eu citei acima, o egoísmo faz com que pensemos e puxemos a "brasa pro nosso lado". Quem é homossexual, luta e defende e etc. Heteros... vão lá no princípio religioso e ficam contra e etc, mas em momento algum, encontramos nas falas uma associação à ambos os lados, pra ser e falar ao máximo de imparcialidade sobre o assunto. Quem é homossexual sabe a dor, a renúncia, o medo, a angústia, o desconforto perante família, sociedade e enes questões que tem pra roubar sua paz como ser humano, e que conseqüentemente promove em seu querer, esse contorno de situação digamos assim. Devemos perceber que a vivencia do outro, é imprencidível pra denotar quão se comportará diante de suas crenças, e suas lutas diante e acerca da vida.

    ResponderExcluir
  26. Santidade ficou pra todos nós, como todos sabemos, e Deus quer o bem do homossexual... Sua prática é condenada e o indivíduo é convidado a viver uma vida de castidade, que sem sombra de dúvida não tá tendo grande êxito, lastimavelmente não, como podemos ver nos noticiários e tantos meios de comunicação. Todos temos a mácula original, e conseqüentemente jamais seremos perfeitos. Porém, temos que querer sim! que apoiar a luz divina sim! Ideologia homossexual é um convite "a retirada do fardo que ta pesado" pra beneficiar quem dele padece. Quem é gay “pode ate adorar” porque seria beneficiado particularmente, e quem é hetero não aceita por princípios religiosos, e/ou preconceituosos sem sombra de dúvida, não adianta por mais que digam não, é sim! Ver o diferente praticando o que é diferente de seus valores, vai provocar repulsa, e por conseqüência uma repelição sobre tal fato. Ambos os lados tem suas teorias, “vantagens e desvantagens”, erros e acertos. O fato é que não é facil estar no barco que está afundando, isso provoca revolta, e ação de contornar o lado.

    ResponderExcluir
  27. Lastimavelmente o homossexual se encontra é vítima dessa CONDIÇÃO que existe acerca de sí, e com certeza se pudesse (ESCOLHER), não iria ser (homo) enfrentando assim, aceitação de: família, sociedade etc. Viver “o normal”, e menos trabalhoso é sempre a escolha padrão. Rezemos pelos homossexuais, que já tem seu próprio juíz que o julga, e rezemos também pela ignorância de muitos heteros que aproveitam de algo tão delicado pra sobressair, ou se manifestarem melhores... O mundo precisa de paz, temos que amar a todos sem distinção, e entender que a história de cada um é um fator peculiar que necessita ser observada e respeitada. Só saberemos o que é ser algo e o que sofreremos sendo esse algo. Se nos colocarmos no lugar do nosso próximo, e se eu fosse um GAY? eu iria gostar de ser sacrificado no que se refere, a sexo, viver casto sem relacionamento? aceitaria na boa, vendo o restante sendo e tendo contato e (EU) sendo e pagando por algo que eu não sei porqe pago, nao sei porque sou?? Será que eu acho verdadeiramente fácil ser assim? Será que eu aceitaria na boa sem reclamar, ou lamentar? Isso eu acharia ser uma vida? E SE EU FOSSE PRESO NESSA CONDIÇÃO?? E SE FOSSE UM FILHO MEU?? TEMOS QUE ALMEJAR SEMPRE MAIS E MAIS O CÉU. QUE DEUS NOS AJUDE! DEUS JULGA NOSSO CORAÇÃO, NOSSO AMOR E CARIDADE, PRECEITOS SÃO RELEVANTES SIM PARA UMA SANTIFICAÇÃO E ÉTICA SOCIAL. MAS O ESSENCIAL DA VIDA É FAZER SEMPRE O BEM... FOI ISSO QUE JESUS FEZ! EM TODOS OS TEXTOS DA SAGRADA BÍBLIA VCS PODEM COMPROVAR. SEMPRE PROPORCIONANDO O BEM. vejo sempre os dois lados e particularmente falando, com o prisma que tenho sobre isso, os homossexuais são dignos de pena, de carinho, e de entendimento. Paciência é o mínimo que temos que ter quando se referir a uma pessoa nessa condição, e nunca jamais recriminar, pois o Cristo foi dos pobres e marginalizados e pecadores. São para os necessitados que esse Deus se fez carne e habitou entre nós.

    ResponderExcluir
  28. Julio Cesar Carneiro11/01/2012 22:53:00

    A unica raiva do Deputado que não tem nenhuma aproximação com o Cristianismo, é querer acabar com a Igreja Católica e a família. Estar mais que comprovado pelas suas declarações e ações. O Deputado, adepto do candomblé, na qual o citado deseja elevar a estatura de religião oficial demoníaca nesse país, joga o povo contra os Cristãos. A verdade, sempre será tratada desse forma, uma afronta aos planos do demônio para esse mundo. Seus seguidores, são uma prova disso quando desejam implantar o aborto, o homossexualismo, a eutanásia, seitas africanas. Essa é a realidade que precisamos lutar.

    ResponderExcluir
  29. Ciência afirma que as pessoas não nascem gays, disse autor de livro sobre a homossexualidade

    http://www.acidigital.com/noticia.php?id=22994

    ResponderExcluir
  30. O movimento LGBT é o movimento mais facista que mais se viu. Esse deputadozinho de quinta está querendo é garantir mais uma eleição. Ele não tem consistencia inteletual para falar tanta bobagem. Ainda existe o agravante de muitas ONGs fundadas e articuladas por estes grupos para se aproveitar do dinheiro público. Os homossexuais não têm estrutura psicológica para acolher crítica de ninguém. É um povo insatisfeito e infeliz pela própria natureza. É um povo agressivo e sem ética. O Papa fez a afirmação num contexto no qual o que estava sendo pensado era a família. Por um acaso, o fato de dois homens ou duas mulheres não poderem procriar é invenção ou um argumento a não ser considerado? Este cidadão quando fala de estado laico deveria saber que num estado laico se respeita a opinião do outro. O que este sr(a) entende por democracia? vai estudar! Hoje, os principais motivadores do ódio contra os homossexuais são figuras demagogas que vivem curtindo e gozando às custas dos homossexuais que votam em imbecis desta qualidade. O santo Padre está vindo ao Brasil. Inventem de tentar atacá-lo, bando de nazifacistas!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  31. A soberba do ser humano é tão grande, que ainda que se discuta questões religiosas e de fé, há espaço para ofensas de alguns contra alguns que opinaram aqui. O questionamento diante do homossexualismo só existe, porque ainda existem pessoas dispostas a distinguir, provar por A + B que o seu ponto de vista é o correto, passando por cima do outro, esmagando-o, dilacerando-o como um verdadeiro nada, um imbecil, que não estudou o necessário para demonstrar aquilo que não requer estudo, mas sim, bom senso! Tantos aqui mostram-se estudiosos e conhecedores da história da humanidade e da Bíblia, que nem isso é suficiente para preservar o respeito pela opinião do outro! Acho que é isso que move as grandes guerras religiosas... esse pequeno estopim de soberba!

    ResponderExcluir
  32. Independente de qualquer coisa. A Igreja Catolica Apostolica Romana não discrima os homossexuais, apenas é contra a sua pratica. Mas fundamenta-se na Biblia, e se realmente os homossexuais acreditam em Deus, devem com certeza acreditar na palavra Dele. O Papa deu a opinião dele, e o deputado deu a dele e pronto, todos tem direito a sua opinião, vai seguir quem quer... Eu sou a favor da Igreja...

    ResponderExcluir
  33. "O Papa deu a opinião dele..."

    Não anônimo, como Vigário de Cristo, o Papa fala o que a madre Igreja sempre ensinou na verdade.

    A Igreja Católica sempre condenou o homossexualismo como pecado grave que brada aos céus. O Papa não deu apenas "a opinião dele", ele disse uma verdade de fé.

    Católico politicamente correto e tapado é isso ai!

    Renato Lima

    ResponderExcluir
  34. to vendo eh que daqui ha algumas décadas coisas como pedofilia, zoofilia e varios outros tipos de aberrações tb serão questionadas quanto a sua "naturalidade", afinal, temos que achar normal dois homens vivendo como um casal... absurdo. Quer dizer que se uma pequena parcela da população pratica algo devemos aceitar pelo simples motivo que cada um pode fazer o que quer ??
    Não sabemos onde isso vai parar.
    Deputado comunista de zona sul ... volta pro BBB que eh o seu lugar.

    ResponderExcluir
  35. "Ele não disse nada diferente do que está na bíblia. Até onde sei, a bíblia é o livro que fundamenta todas as religiões cristãs. Ele só repetiu algumas regras a muito esquecida daquele livro que tanta gente carrega de baixo do braço.

    O que as pessoas esquecem é que seguir uma religião implica em seguir suas regras. Não adianta você ser Cristão e não seguir os ensinamentos Bíblicos, ser judeu e não seguir o judaísmo, ser budista e não seguir os ensinamentos budistas, seguir o Jedaísmo e nunca ter assistido Star Wars.

    O que quero dizer é que por mais escroto que tenha sido a declaração do Papa... ele não disse nada de diferente daquilo que o próprio Deus disse em seu livro (segundo o Cristianismo).

    Não está satisfeito? tente mudar a religião... você tem que mudar DE religião! Tem um monte aí par você escolher (Eu recomendo as orientais)"

    texto copiado de: http://www.entreoceueoinferno.com.br/2012/01/declaracao-do-papa.html

    ResponderExcluir
  36. Como sempre a igreja católica e seus seguidores ignorantes culturais e hipócritas de berço. Que dó que dó !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. nao sou catolico mas o ingnorante e vc e o deputado com seus adeptos seguidores pois calar as pessoas sobre o que pensa sobre os homoxesuais é intolerancia e é crime

      Excluir
  37. Walter Virgens16/01/2012 00:16:00

    Walter Virgens
    O deputado, se você quer que todos respeitei o seu ponto de vista sobre a causa gay, aprenda a respeitar a opinião alheia. Você alguma vez já lei a Bíblia? Se lei você sabe que a prática do homossexualismo para DEUS não tem perdeu.

    ResponderExcluir
  38. E viva o Big Brother?? quantos votos vc deu pra ele em ligações??? O objetivo dele anos atrás era ganhar 1milhão de reais em cima de vcs... e quem garante que seus objetivos são os mesmos?? Ele entende muito bem de cultura pra usar isso contra o povo!! Mas ele é muito desinformado pra convencer!! SOU CONTRA RACISMO!! HOMOFOBIA !! E QUALQUER OUTRA AFIRMAÇÃO QUE FERE A DIGNIDADE HUMANA E SUAS CRENÇAS!! SOU CONTRA QUALQUER POLÍTICO QUE TENTA MISTURAR VERDADES para fins próprios!!! Se que ser eficaz na defesa do que vc acredita, defenda-se sem desvalorizar a opinião do próximo!!

    ResponderExcluir
  39. Gente! Acho que já falamos de mais, já demos ibope demais para esse cara. Esse cara é um idiota. Deixemos ele de lado. Ele já foi massacrado demais. Foi duramente penalizado por vários blogs que já passei pela rede e o detonaram por causa dos seus comentários infelizes e infundados sobre o que o papa NÃO DISSE. O papa não falou NADA SOBRE VIADOS E COMPANHIA. Se podem acasalar ou não. O papa falou de FAMÍLIA e nada mais. Deixem esse efeminado de lado. Vamos agora discutir coisas mais interessantes. Eu não vou negar, mas adorei a reação dos católicos foi magnífica contra esse infeliz. Tchau e agora vamos perdoá-lo porque ele não sabe, não soube e nunca, pelo jeito, saberá. Graça e paz e vamos perdoá-lo tá. Tchau

    ResponderExcluir
  40. Amados e Amadas Nao vamos perder o ânimo, avante! Petição pela Retratação de Jean Wyllys: http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=RJW2012 #RetrateseDepJeanWyllys Assine e Divulgue por favor

    ResponderExcluir
  41. Só me faltava essa, inversão de valores, tipico do movimento revolucionário, só que falado por movimento gay, aguarde o que os espera num Brasil comunista.
    São ignorantes mesmo, os COMUNISTAS, não são genocidas, é o papa, a igreja, o comunismo matou mais de 60 MILHÕES DE PESSOAS, antes , durante e depois do nazismo, que também era socialista.NUNCA OUTRA IDEOLOGIA-SISTEMA MATOU TANTO.
    Quanta ignorancia; tinha era que agradecer de ter nascido em um pais cristão, e com um pouco de democracia, até que o pt assuma de vez.
    Queria ver o Wilis em cuba,,,,ia morrer doente numa cela, ou em um pais islãmico. MAL AGRADECIDO, FICA AI XINGANDO TODOS DE IGNORANTES E HOMOFOBICOS, tinha mais é que ficar quietinho, la , dando pra alguem,,,pegando hemorroida e aids, mas agradecendo a Deus por ter liberdade.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...