sábado, 7 de janeiro de 2012

Incompetência Vaticana

Conforme relatado pelos blogs "Messa in Latino" e "La cigüeña de la torre", referindo-se ao texto postado por Sandro Magister, durante o último consistório a Sala de Imprensa da Santa Sé deu mostras, uma vez mais, da clara incompetência dos seus funcionários.

Os jornalistas acreditados no Vaticano receberam, por ocasião do anúncio do consistório, uma relação feita pela Sala de Imprensa com a biografia dos cardeais eleitos. Nada espantoso. Contudo, tais biografias não foram produzidas com base nos arquivos das congregações romanas, nem das conferências episcopais, muito menos com base nos arquivos diocesanos desses prelados, mas - pasmem! - com base no texto da Wikipedia!

Os membros da Imprensa Vaticana usaram descaradamente os textos da Wikipedia! E você ainda culpa os seus filhos por "plágio" nas pesquisas escolares?

Messa in Latino destaca a biografia "oficial" do arcebispo Fernando Filoni, um dos elevados à púrpura cardinalícia: Nascido em Manduria, 15 de abril de 1946, é um arcebispo católico italiano ...

Como notou Francisco José Fernández de la Cigoña, o que esperavam? Um Lama budista? Um testemunha de Jeová? A redundância do serviço de comunicação do Vaticano é vergonhosa.

Em todas as biografias há a garantia que o Papa Bento XVI concedeu o barrete à sacerdotes e bispos CATÓLICOS.

Num dos trechos destacados por Magister, referindo-se ao texto biográfico do arcebispo de Utrecht, lemos:

All'impegno sociale Eijk ha fin dall'inizio unito una forte propensione al conservatorismo[4], specialmente in materia di aborto ed omosessualità, che ne hanno fatto uno degli uomini religiosi più discussi del paese; secondo alcuni però il vescovo non fa altro che conformarsi alle disposizioni provenienti da Roma[5]

O trecho "secondo alcuni però il vescovo non fa altro che conformarsi alle disposizioni provenienti da Roma" foi removido da Wikipedia pouco depois da publicação de Magister. Eu mesmo o restaurei, mas a página da Wikipedia é automaticamente alterada e volta a omitir essa passagem. Podem conferir no histórico da página e ver as alterações. Será que a Santa Sé ainda está on-line?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...