quarta-feira, 4 de junho de 2014

Demorou! Dom Rogelio Livieres sendo atacado com força.

Pedimos ao leitor que leia dois textos que publicamos antes sobre a diocese de Ciudad del Este (Paraguai):

A Máfia Argentina do Cardeal Bergoglio
Campanha contra Dom Livieres Continua. Vaticano intervém

Sem a leitura prévia fica impossível compreender plenamente o que iremos escrever a seguir.

A diocese de Ciudad del Este vem enfrentando acusações, sobretudo do arcebispo de Assunção, Dom Pastor Cuquejo, pela suposta proteção dada pela diocese a um padre argentino acusado de molestar seminaristas e jovens.

Pe. Urrutigoity, com o microfone.


Pe. Carlos Urrutigoity, de origem argentina, chegou à diocese de Ciudad del Este depois de passar vários anos nos EUA, na diocese de Scranton, estado da Pensilvânia. Segundo informa o site americano NBC News:
Ele passou duas décadas voando de diocese em diocese, sempre um passo à frente das autoridades legais e da igreja, antes de aterrar neste canto remoto e sem lei da América do Sul. Aqui, na selva cheia de pirataria perto as Cataratas do Iguaçu, ele passou a uma posição de poder [é o Moderaador da Cúria, NdT].
Hoje, apesar das advertências do bispo de Scranton, Pensilvânia, onde em 2002 Urrutigoity foi acusado de abusar sexualmente de um adolescente e de dormir e tocar outros jovens, este sacerdote comanda um quadro de jovens seminaristas sonhadores.
O site afirma que, mesmo com um currículo duvidoso, tendo inclusive sido acusado de construir um "culto homossexual", Pe. Urrutigoity conseguiu cair nas graças da diocese a ponto de comandar um "Curso de Cultura Católica" para jovens de 17 anos na forma de camping.

Pe. Urrutigoity nega ter molestado qualquer jovem. Entretanto as acusações são muitas e em diversos lugares. Um deles, ironicamente, foi o Seminário da Fraternidade São Pio X na Argentina, frequentado por Pe. Urrutigoity e do qual ele foi expulso. Depois de ser encaminhado para o seminário da FSSPX nos EUA para uma nova chance, Bispo Bernard Fellay já em 1999 escreveu ao bispo de Scranton alertando sobre o comportamento homossexual do futuro padre. "Nossa conclusão é que há um padrão perigoso no Pe. Urrutigoity e sentimo-nos obrigados a revelar isso a você ", afirmava a carta do bispo da FSSPX ao bispo diocesano de Scraton, segundo o site NBC.
O aviso de Mons. Fellay foi ignorado e o padre continuou atuando na diocese até ser levado à corte local com acusações de pedofilia.

Pe. Urrutigoity foi acusado formalmente de fornecer cigarros e bebidas a menores durante encontros religiosos, de dividir a cama com seminaristas e de ter "tocado de forma inapropriada" outros dois jovens.

Depois de várias acusações de abusos, Pe. Urrutigoity foi encaminhado pela diocese de Scraton para uma instituição mental no Canadá para avaliação psicológica que foi seguida de uma remoção completa do ministério sacerdotal naquela diocese. Segundo NBC News Pe. Urrutigoity teria admitido aos especialistas os abusos na época.

Pe. Urrutigoity desaparece dos EUA enquanto o processo civil se inicia (2002) e só reaparece publicamente em 2008 já diocese de Ciudad del Este. Na diocese o padre foi acusado de ser uma figura causadora de divisões e denunciado por 12 sacerdotes e alguns leigos. Dom Rogelio tomou a defesa inequívoca do sacerdote.

Agora Dom Rogelio informa que foi a própria Santa Sé que pediu, em 2008, ao bispo que incardinasse Pe. Urrutigoity porque não sabiam o que fazer com ele.

Temos os fatos. O que pensar?

Pe. Urrutigoity, como se pode ver, está ligado à missa tridentina e ao catolicismo tradicional. Digo isso porque ele tentou ser ordenado na FSSPX e, não logrando o sacramento, passou por dioceses onde poderia exercer um ministério aparentemente tradicional. Scranton é uma diocese americana conservadora, o mesmo podemos dizer de Ciudad del Este. Na diocese americana, já em 2002, ele fundou uma associação conservadora. Pe. Urrutigoity celebra a missa tradicional no Paraguai.

Com toda a vênia possível ao bispo de Ciudad del Este, é para mim inadmissível que um padre com um histórico tão cheio de acusações seja admitido ao ministério púbico numa diocese. Sim, Ciudad del Este é um exemplo na formação sacerdotal, tem vocações inúmeras, mas tudo isso pode ser perdido com a presença de Pe. Urrutigoity.

O padre pode ser inocente? Sim! Mas sejamos honestos, as chances de uma inocência são mínimas e acreditar que tudo não passa unicamente de uma postura de ataque contra a Igreja é de uma inocência pueril. Nesse caso específico acho que Dom Rogelio foi muito descuidado, mas a fachada tradicional do padre pode ter contribuído para isso.

A mídia já esta se movimentando. Era o que faltava - algo concreto - para iniciar a derrocada de um dos bispos mais bem sucedidos da América do Sul. Dom Rogelio revitalizou a diocese de CdE, trouxe uma quantidade nunca antes vista de seminaristas e ordenados na história recente da América do Sul. Tudo isso está no fio da navalha...

Se há um ramo que não foi infectado pela peste dos padres pederastas é o catolicismo tradicional. Digo Tradicional, o que exclui os Legionários... Desde que retomei minha caminhada na Igreja - por volta de 2005 - este é o primeiro caso de um padre próximo ao movimento tradicional que se envolve em acusações de pedofilia. Vocês, que acompanham este blog, sabem o tamanho do estrago que isso pode causar ao já convalescente movimento tradicional?
Mas Pe. Urrutigoity não era um tradicionalista de fato, mas a mídia não está interessada nisso. O missal e as rendas, o incenso e o latim, podem ter servido como um disfarce para Urrutigoity.

O que virá por ai? Uma "visita fraterna" de algum bispo liberal à diocese? Talvez. Uma remoção de Dom Rogelio para o Vaticano? Quem sabe. A total destruição do seu nome e o fechamento do seminário de São José? É possível. Afinal este era o objetivo de um cardeal já faz algum tempo... agora ele veste branco e tem o poder de decisão.

O ministério de Dom Rogelio é impecável. Contudo, ele pode ter que pagar pelo pecado alheio. Rezemos por ele e principalmente pelo Pe. Urrutigoity - se inocente, rezemos para que seja provada, se culpado, rezemos pela misericórdia de Deus!



****
ANEXO

Comunicado de la Diócesis de Ciudad del Este

La Iglesia Diocesana es nuevamente víctima de fuertes ataques por parte de los medios de prensa. Este martes 3 de junio han reaparecido cuestiones ya resueltas en el pasado por la misma Santa Sede y por los organismos judiciales competentes. Todas las documentaciones aclaratorias se encuentran en nuestro medio oficial.
El ataque surge específicamente del diario ABC Color, tema amplificado por los periódicos regionales Vanguardia, Tnpress y La Jornada. El primer medio revivió viejas publicaciones contra la Iglesia Diocesana, así como ya lo hizo anteriormente, desprestigiando vilmente a la Iglesia y sus representantes.
Dejamos claro a la ciudadanía en general:
1. Elataque de los mencionados medios de prensa se dirige a la Iglesia Católica como institución fundada por el mismo Jesucristo y cuya cabeza ahora es el Papa Francisco.
2. La Santa Sede, después de cumplir con todos los requerimientos canónicos, había pedido a la Iglesia Diocesana de Ciudad del Este la incardinación del Pbro. Carlos Urrutigoity, muestra de la total trasparencia con la que actuó Mons. Rogelio Livieres.
3. Condenamos como alevosas las reiteradas publicaciones del Diario ABC Color y las declaraciones de Mons. Pastor Cuquejo Verga, Arzobispo de la Arquidiócesis de Asunción.
4. Le pedimos al tanto al Director del Diario ABC Color como al Arzobispo de Asunción, una retractación pública a fin de rectificar la imagen de la Iglesia que hoy por hoy está siendo nuevamente manchada.

Las intenciones de los que atacan a la Iglesia

Lo que se busca en realidad es frenar el florecimiento pastoral y vocacional de la Diócesis de Ciudad del Este, florecimiento este que no tiene igual en ningún otro punto del país y menos aún en el exterior.
Hablamos de más de 60 ordenados, más de 200 seminaristas, y otras tantas vocaciones religiosas solo en Alto Paraná y Canindeyú. El punto de ataque más allá de todo es el Seminario Mayor San José, el Menor San Andrés, y los varios Institutos y Centros de Formación con que cuenta la Diócesis actualmente y que están repletos de vocaciones. Todas estas obras bendecidas por el actual Papa Francisco.
También son atacadas las obras pastorales y sociales de la Diócesis. La atención a los jóvenes con sus Cursos y Congresos Formativos, la atención a las comunidades de Retiro con sus miles de integrantes, los grupos y movimientos que activan fervorosamente.
En fin, todo bautizado y miembro vivo de la Iglesia está siendo agredido con viles mentiras que no nos sorprenden, pero ante las cuales no quedaremos en silencio, nuestra respuesta es y será trabajar con mayor ahínco en todos y cada uno de los sectores pastorales, parroquias y capillas de nuestra Iglesia local.
Pedimos a la ciudadanía a acudir a las fuentes fidedignas para conocer la verdad sobre éste y cualquier tema que pueda surgir, para no dejarse llevar por las publicaciones malintencionadas que se ventilan en los medios politizados de la prensa secular, en especial de ABC Color y sus corresponsalías locales e internacionales “sensacionalistas y amarillistas".
Las fuentes replicadas por este medio son los mismos acusadores de siempre, con algunos tentáculos más: Javier Miranda, quien se encuentra eludiendo un juzgamiento por difamación y calumnia, y periodistas sensacionalistas locales y extranjeros que buscan portadas a cualquier precio.
Los católicos estamos llamados a defender a la Santa Madre Iglesia y a sus representantes.

8 comentários:

Anônimo disse...

Os bons católicos buscam ser simples como as pombas, mas se esquecem de ser astutos como as serpentes. Uma coisa dessas pode destruir o valor simbólico de todo o trabalho do bispo. Ele devia ter sido mais astuto antes.
Agora imagino qual será, em alguns anos, a situação dos carmelitas tradicionais que foram expulsos de Atibaia e encontraram abrigo em Cidade do Leste. Virão novas perseguições pela frente, talvez tenham que buscar nova morada...

Bruno Luís Santana disse...

Até que a resposta foi firme, coisa praticamente inexistente no clero conciliar atual... Imagine que exigiram retratação pública do arcebispo de Assunção! Espero que continuem com essa postura combativa, e mostrem que, caso estejam realmente com a razão, não irão baixar a cabeça nem aceitar nenhuma injustiça em brancas nuvens.

Danilo disse...

Concordo. Mesmo considerando a inocência do Padre - e estamos pensando sempre na melhor das hipóteses - o bispo jamais deveria tê-lo promovido ou mesmo confiado uma paróquia até que tudo tivesse sido averiguado e julgado.

Danilo disse...

Bruno, não é de hoje que Dom Rogelio é uma voz única que clama no deserto da apostasia latino-americana. Infelizmente o seu amor paternal para com o seu clero pode ser a sua perdição. Fui uma grave imprudência.

Bruno Luís Santana disse...

Sim, Danilo. Mas o bispo tem a seu favor o fato de enquadrou o sacerdote em sua diocese a pedido da própria Santa Sé, o que, claro, não o exime totalmente. Mas ele pode devolver de alguma maneira a responsabilidade do Vaticano em, sabendo que o padre tinha um mau histórico, solicitou APESAR disso que a diocese o acolhesse...Bem, se ele tem consciência limpa, é rezar para que não sacrifique a Igreja em nome de uma unidade baseada em princípios falsos, como fizeram os Franciscanos da Imaculada que estão sendo desarticulados a olhos vistos. Enfim, quando tiverem que caçá-lo, não precisarão de pretexto, vão inventar um, e se não for por isso, arrumarão uma maneira, ou Bergoglio não será quem é.

Mariano Cabrera Mendoza disse...

El Obispo Rogelio Livieres hizo todas las averiguaciones sobre el P. Urrutigoity antes de aceptarlo, la síntesis está aquí: bit.ly/VsHtyg
Deberían averiguar un poco más la cuestión. Siendo el Obispo la persona que es, aceptó al P. Carlos, y él es la persona que es. Dos grandes santos.
Miren la respuesta de los laicos: bit.ly/1qXWiEV

Mariano Cabrera Mendoza disse...

Deberían investigar más sobre la inocencia del Pbro. Urrutigoity: http://bit.ly/VsHtyg
Recen por nuestra Diócesis.

Anônimo disse...

Canonizou?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...