quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Mais anglicanos a caminho

Fonte: The Telegraph
Tradução: Blogonicvs

Mons. Newton
Recebendo os ex-anglicanos. Mais virão.
Pelo menos 20 clérigos e várias centenas de seus paroquianos já estão alinhados para se juntar ao Ordinariato, a nova estrutura criada pelo Papa há um ano que lhes permite permanecer com algum do seu patrimônio Anglicano ao entrar em plena comunhão com a Santa Sé.

Mas muitos outros membros da ala Anglo-Católica da Igreja da Inglaterra também estão inclinados a partir após uma reunião crítica de seu órgão dirigente, o Sínodo Geral, se negarem aos tradicionalistas que não aceitam a ordenação de mulheres uma disposição especial. 


O chefe do Ordinariato, Mons Keith Newton, disse ao The Daily Telegraph: "Há na região de 15 a 20 pessoas que eu acho que virão ao longo deste ano. Estes são anglicanos ordenados que pedirão à Santa Sé a ordenação.. "

Ele afirmou que eles trarão "algumas centenas" de paroquianos com eles, numa segunda onda de conversões que seguirá os 60 clérigos e aproximadamente 1000 leigos que cruzaram o Tibre no último ano.

Mons. Newton, um ex-bispo anglicano que é agora oficialmente o Ordinário do Ordinariato Pessoal de Nossa Senhora de Walsingham, continua: Então no próximo ano dependerá um pouco do que o Sínodo [Anglicano] irá decidir fazer

"Mas você não pode se tornar católico porque quer simplesmente escapar dos problemas da Igreja [Anglicana] da Inglaterra - você precisa querer se tornar católico"

Ele acredita que o voto do Sínodo sobre mulheres bispos, em que todas as três "câmaras" do parlamento da Igreja devem fazer o movimento histórico com uma maioria de dois terços, está num "fio da navalha", com apenas um punhado de votos necessários para balançá-lo para qualquer um dos lados.

No entanto, ele advertiu os anglo-católicos que estão tentando se opor à mudança, que até mesmo uma vitória em julho provavelmente seria de curta duração.

"Se alguém acha que, se isso não passar, a questão vai embora, eles estão realmente se enganando.

"Se chegar a um ponto, e vai, em que você tem uma Câmara dos Bispos da Igreja da Inglaterra, onde alguns dos bispos não estão em comunhão com outros bispos, eu só acho que isso é uma impossibilidade. Você dificilmente poderia chamar de um igreja ".


Mons. Newton afirmou que a provisão feita para os oponentes do sacerdócio feminino durante a década de 1990, os chamados "bispos volantes" [bispos sem uma diocese territorial, mas que tinham jurisdição sobre as paróquias que não aceitavam mulheres sacerdotes, na sua maioria formada por paróquias anglo-católicas, NdT], dos quais ele era um, foi apenas uma "solução temporária" que permitiu aos tradicionalistas ficarem na Igreja da Inglaterra agarrados pelas pontas dos dedos ["hang on by our fingertips"].

Mas ele disse que nenhuma das propostas elaboradas sugeridas para aqueles que não desejam estar sob os cuidados de um bispo do sexo feminino seria "adequada" para ele, e apontou que o Ordinariato é "exatamente" o que alguns anglo-católicos haviam proposto como uma solução, mas com a característica adicional de ser parte da Igreja Católica Romana.

"Se você tem a vontade de ficar na Igreja da Inglaterra, então você vai ficar. Mas se você tem realmente desejo de alcançar o objetivo maior de estar em comunhão com a Santa Sé, então o que é que falta? Realmente não vejo o que falta. "

Mons Newton admitiu que o Ordinariato tenha encontrado desafios em seu primeiro ano, pelo menos por não encontrar empregos e casas para os sacerdotes recém-ordenados. Alguns dos ex-anglicanos têm esposas e até nove filhos, pois eles não estão ligados por voto de celibato a sua nova igreja.

O clero cuida das congregações que cruzaram com eles, mas apenas um punhado tem sido dada paróquias católicas existentes para ministrar, com a maioria sendo encontrado o trabalho em capelania em hospitais, prisões, escolas e universidades.

A caridade para apoiar o Ordinariato recebeu algumas doações e que tem sido dada alguma ajuda pela Conferência dos Bispos Católicos da Inglaterra e País de Gales, mas precisa de cerca de £ 500.000 por ano para continuar.

Espera-se que a organização vá receber mais fundos, e convertidos, uma vez que adquire uma igreja principal, que provavelmente será no centro de Londres.

No Dia de Ano Novo um Ordinariato também será criado nos EUA, seguido por outro na Austrália, na primavera, os quais são susceptíveis de ter mais membros do que o britânico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...