segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Missa com Hóstia e Acarajé, Catolicismo e Macumba

Arcebispo da Bahia faz missa com hóstia, acarajé e atabaques

Os devotos de Santa Bárbara e Yansã, orixá do Candomblé, lotaram as ruas do Centro Histórico de Salvador vestidos de vermelho e branco, na belíssima manhã de domingo, 4 de dezembro, o dia dedicado à "santa guerreira". A festa foi marcada pela total integração entre religiões e credos, do início ao fim dos rituais.




Pela primeira vez, em 30 anos, um arcebispo-primaz do Brasil celebra a missa campal em homenagem a Santa Bárbara. Dom Murilo Krieger presidiu a solenidade no Largo do Pelourinho, onde foi distribuída ao mesmo tempo hóstia e acarajé, que no candomblé é chamado de acará, ou seja, a comida ofertada à Yansã. Ato que emocionou até os que não têm fé. A benção aos fiéis ocorreu com folhas molhadas em água benta.


Dom Murilo não esqueceu de homenagear os mais de 30 trabalhadores rurais mortos em acidente na BR 116, trecho na Bahia. Ele também lembrou o ex-jogador Sócrates, que morreu nesta data também simbólica para o futebol, com a conquista do Campeonato Brasileiro pelo Corinthians, o clube do "Magrão".






Seguidores de Santa Bárbara e Yansã aproveitaram a festa para pagar promessas, distribuindo fitas e acarás pelo caminho. A Banda do Corpo dos Bombeiros agradeceu a proteção da padroeira da classe, acompanhando a procissão pelas ruas do Centro Histórico, até o Mercado de Santa Bárbara, na Baixa dos Sapateiros, todo tempo entoando cantos religiosos.


A festa continuou com danças, celebrações e o tradicional caruru. O gesto do arcebispo foi encarado como uma reaproximação da Igreja Católica com o Candomblé, que tem sido combatido por religiões neopentecostais na Bahia. A missa de atabaques chegou a ser uma marca dos beneditinos Dom Timóteo Amoroso Anastácio e Dom Jerônimo de Sá Cavalcanti, religiosos destacados na resistência à ditadura militar, no Mosteiro de São Bento de Salvador.

Fonte: Terra Magazine

***

Simplesmente lamentável que o Senhor Arcebispo tenha se prestado a esse papel. "Ah, mas a missa foi em honra a Santa Bárbara, uma santa católica e foi para isso que o arcebispo estava lá" poderiam argumentar aqueles que defendem o indefensável.

Não teria a "prudência pastoral" recomendado ao Senhor Arcebispo Primaz que evitasse todo ato que comprometesse a fé católica, causando confusão no povo através do sincretismo? Ou será que o Senhor Arcebispo foi ingênuo o suficiente para imaginar que os sacerdotes e sacerdotisas dos cultos afro-brasileiros não iriam aproveitar a ocasião para profanar a cerimônia? Não é de hoje que os cultos afro-brasileiros se valem de santos e santas católicos para confundir as pessoas e, por isso mesmo, por mais de 30 anos nenhum arcebispo baiano conduziu uma cerimônia desse porte em honra à Santa Bárbara.

Até quando Senhor?! Até quando?!

9 comentários:

Anônimo disse...

Isso me faz lembrar de um artigo que falava da nomeação desse "Arcebispo":

http://blogonicus.blogspot.com/2011/03/foto-do-dia-de-ontem-o-reinado-do-novo.html

Falei naquele artigo que o conservadozinho do Deus lo Vult estava feliz com a nomeação desse e pedia para que deixassemos o tal trabalhar em paz.

Acontece que se os verdadeiros católicos deixarem esses homens trabalharem em paz, eles irão destruir a Santa Igreja.

E como é de costume, esse rapazinho do Deus Lo Vult é um saltitante frouxo e cego.

Renato Lima

Anônimo disse...

Aliás, Danilo de onde é essa notícia?

Renato Lima

Anônimo disse...

Não foram batidas mais fotos?

Anônimo disse...

Que absurdo! Como pode um arcebispo cometer essa distorsão litúrgica. Celebrou para os homens e não para Deus: mau pastor das ovelhas de Cristo!

Cristina Mariani disse...

PESSOALMENTE NÃO ACHO QUE TENHA SIDO NADA GRAVE, JÁ QUE SOMOS BATIZADOS E CRISMADOS E COM CERTEZA SABEMOS O QUE SEGUIR!! CATÓLICOS DE VERDADE NÃO TERÃO DÚVIDAS, MAS SIM, OLHO A ATITUDE DO ARCEBISPO COMO A DE CRISTO: NÃO HÁ DIFERENÇAS ENTRE IRMÃOS, JÁ QUE NÃO É A CRENÇA QUE SE SEGUE QUE FAZ DE NÓS IRMÃOS OU NÃO!!

Tom disse...

Parabéns ao arcebispo, que acolhe e mostra respeito com aquele que tem uma fé diferente da nossa. Parabéns por não ter uma atitude de fariseu como querem uns poucos, que pensam que só há salvação na igreja católica.

Danilo Augusto disse...

Me esqueci de colocar a fonte da notícia (falha minha). Já está atualizado. A notícia é do Terra Magazine. http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI5503203-EI6578,00-Arcebispo+da+Bahia+faz+missa+com+hostia+acaraje+e+atabaques.html

Rafael Kafka disse...

O Clero na Bahia é uma gaiola das loucas. Quase todos xibungos, comunistas, hereges. Infelizmente nenhum Arcebispo/Cardeal teve coragem de mudar isso. A única notícia boa é que finalmente liberaram a Missa de Sempre que não era permitida em clara afronta à Santa Sé.

Viviane disse...

Em nota, a Arquidiocese de Salvador diz que a mídia está faltando com a verdade na cobertura desse caso, e que a coisa não foi bem assim.
Queria muito acreditar que isso é verdade:

http://www.arquidiocesesalvador.org.br/noticias/nota-da-arquidiocese-de-sao-salvador-da-bahia-sobre-materias-referentes-a-festa-de-santa-barbara/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...